apostas propostas – philip roth, «indignação»

SK_Indignacao.qxpÉ um dos melhores livros que li nos últimos tempos, para dizer verdade entre ontem e hoje. «Indignação» é mais uma prova do genial talento de Philip Roth. Desta feita, oferecendo-nos uma história muito simples (embora cheia de complexidades) sobre a frágil linha do estar à vida. Também um livro sobre a guerra, sobre os Estados Unidos de hoje, de ontem e, provavelmente, de amanhã, uma nação eternamente a contas com o deve e o a haver das vítimas de guerra. Pano de fundo histórico, a América dos anos 50, o espírito vivido nas universidades, e, sobretudo, a Guerra da Coreia, de 1950 a 1953, que sepultou milhares de jovens norte-americanos que lutavam no Oriente, em teoria contra o avanço do Comunismo, contra o perigo vermelho que temiam alastrar no mundo como baralho de cartas implodindo. Marcus Messner é o protagonista, um rapaz cheio de convicções contra o sistema, vivendo sob o fantasma do medo, um jovem intelectual que se insurge contra o pensar vigente e que, em consequência (embora fortuita), acaba vitimado pela máquina da guerra que o envia para os campos da morte. «Indignação» é desarmante no modo como nos expõe a fragilidade do viver e como nos expressa o quão distantes estamos de nortear os nossos caminhos e existências. Porque, por vezes, como diria Jacques, o Fatalista, «tudo já está escrito lá em cima».

Anúncios

~ por pedroteixeiraneves em Setembro 25, 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: