o problema da felicidade

«A felicidade transparece uma sensação de alívio, embora Patrícia reforce que não está deixando a Companhia das Letras com mágoas. A sensação do recomeço, ela conta, é estimulante. Como exemplo, lembra de seu amigo, o escritor Rubem Fonseca que, em abril, deixou a mesma editora, pela qual publicava seus livros desde 1989, e foi para a Agir – uma saída ainda não totalmente explicada. “Almocei com ele na semana passada e o encontrei muito alegre, produzindo novo romance. É a mesma felicidade que busco.»

Patrícia Melo citada no http://www.estadao.com.br

Anúncios

~ por pedroteixeiraneves em Novembro 25, 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: