os suicidas

95.
da janela olhou a árvore no jardim
telefonou ao filho
depois dirigiu-se para a secretária
a colocar o ponto final no romance.

96.
não se calou
o mundo calou-o.

97.
dos seus pulsos
brotavam rosas vermelhas
no pescoço
jugulava uma navalha de silêncio.

98.
um cacto
o seu corpo
seco como um pionés
como uma caixa vazia
o pó da infância.

99.
os seus gestos
eram na vida de abandono
o seu olhar um coral.

Anúncios

~ por pedroteixeiraneves em Março 22, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: