os suicidas

100.
via-se ao espelho
como uma ilha
reflectida no mar.

101.
vivia no mais dentro de si
para que os outros o não vissem
pertencia ao segredo dos animais nocturnos.

102.
a noite ficava-lhe bem
vestindo o seu corpo
a gárgulas e túmulos.

103.
o seu corpo diziam
inclinava-se mais e mais
para o lado das sombras.

104.
vão-se embora – gritou
o homem fechando a janela aos corvos
na manhã permanecendo.

Anúncios

~ por pedroteixeiraneves em Março 26, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: