consciência ou inconsciência?

Em «Notas do Submundo», Dostoievski escreve, acerca da consciência: «O sofrimento é a única origem da consciência. Embora tenha esclarecido logo no início que a consciência é a maior infelicidade do homem, ainda assim sei que o homem a preza e não abriria mão dela por nenhuma satisfação». Isto faz-me lembrar uma pequena história de Eduardo Galeano, sobre um bisavô e o seu bisneto; ambos riam pateticamente um para o outro num estado puro de felicidade, o primeiro por já não ter consciência do mundo à sua volta, o segundo por ainda não ter dele conhecimento. Galeano concluía que, apesar de tudo, apesar da felicidade, ele preferia não ser feliz, ou seja preferia o sofrimento de ser consciente. A consciência é uma serpente.

~ por pedroteixeiraneves em Junho 29, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: