paulo moreiras – BI da morcela

Na singular e preciosa colecção Bilhete de Identidade, do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional e editada pela Apenas Livros, Paulo Moreiras vem assinando uma muito curiosa obra de pesquisa gastronómica. Da ginja à perdiz, passando pela cereja ou pelo palito, entre outros, nela se vêm desmontando e esmiuçando as respectivas origens e histórias, dando-nos a conhecer um mundo desconhecido o mais das vezes pleno de interesse e curiosidades que muito diz da história da nossa gastronomia e culinária, bem como acerca da história dos nossos hábitos alimentares. Não bastasse, fá-lo condimentando o dito e o contado com uma escrita apurada e no ponto.
Agora, novo conduto a conhecer por dentro: a Morcela. Ora, neste concreto, sabia, por exemplo, que sobre a carne de porco dizia Hipócrates ser a melhor de todas as carnes utilizadas na alimentação dos homens, acrescentando que era muito nutritiva? E sabia que o inventor da morcela foi o grego Aftónio de Corinto, um dos sete famosos cozinheiros da Grécia antiga, a quem se atribui também a paternidade das salsichas e dos chouriços? Ou que a morcela é referida nas Cantigas d’Escarnho e de Mal Dizer? Ou ainda que, como expressão popular, também significa o pénis?

PAULO MOREIRAS nasceu em 1969 em Lourenço Marques, Moçambique. Veio para Portugal em 1974. Viveu em Finzes (Cinfães), Laranjeiro (Almada) e vive actualmente em Meirinhas (Pombal). Desejou fazer cinema de animação e enamorou-se pela banda desenhada. Após algumas experiências com fanzines, começou a publicar poesia em edições artesanais. Em 1996 publicou, como argumentista, Hermínio – Regresso a Portucale, com desenhos de Victor Borges. Apaixonou-se pela literatura picaresca e publicou o seu romance A Demanda de D. Fuas Bragatela (2002), seguindo-se um livro de poesia Do Obscuro Ofício (2004) e o Elogio da Ginja (2006). Entre outras coisas, escreveu também o BI da Cereja e da Ginja (2007), o BI do Palito (2007), o BI do Tremoço (2008), o BI da Perdiz (2009) e o BI da Morcela (2010). Em 2009 publicou o seu segundo romance Os Dias de Saturno.

~ por pedroteixeiraneves em Julho 9, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: