os suicidas

141.
a eternidade
pairava sobre si
por isso se lançou sem hesitar
levitando sobre o vazio.

142.
aproveitou a Lua cheia
para se lançar
a um poço vazio.

143.
o seu corpo era
havia muito
um território silencioso.

144.
o seu corpo
confundia-se amiúde
com uma terra de ninguém
e isso confundiu-o.

145.
vivia no sexto andar
mas a sua alma habitava
o rés-do-chão.

~ por pedroteixeiraneves em Setembro 15, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: