três inéditos de «doença do século»

I.
deixa
suavemente
como o pó caindo sobre
as memórias
que as tuas mãos toquem
ébrias
os contornos da noite
ali perto moram os poemas.
inspira
cerra os olhos aceita
o passado é uma história
contada num inverno já sem nome.

II.
indício de aves
assim o teu sorriso ao entrares no avião.

III.
estranho
como não raro
são da ordem da pele
as desordens do coração.

~ por pedroteixeiraneves em Setembro 29, 2010.

Uma resposta to “três inéditos de «doença do século»”

  1. muito bom pedro, parabens, visite o pãntano e leia um pouco do que os pantanosos tem a dizer tb

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: